Medidores de vazão de gás ultrassônicos
FLOWSIC100

Medidores do fluxo de volume para o monitoramento contínuo de emissões

Seu proveito

  • Medição confiável do fluxo em canais com diâmetros pequenos até muito grandes
  • Alta durabilidade dos dispositivos
  • Para a utilização em gases com temperaturas de até 260 °C, não é necessário o ar de purga
  • Custos mínimos de operação e manutenção
  • Resultados de medição acurados, também sob condições difíceis de medição
  • Medição sem perda de pressão e sem influir no processo
  • Utilização fácil pelo usuário através do SOPAS ET
  • Monitoramento confiável do funcionamento através da função de diagnóstico avançado

As especificações de dispositivo e os dados de desempenho exatos do produto podem ser diferentes em função da respectiva aplicação e especificação do cliente.
De acordo com o art. 2 (4), este produto não está abrangido na área de validade da Instrução Normativa RoHS 2011/65/UE (Restrição de uso de substâncias perigosas) e também não foi desenvolvido para ser utilizado em produtos que estão abrangidos na área de validade desta Instrução Normativa. Informações mais detalhadas podem ser consultadas na informação de produtos.

Vista geral

Medidores do fluxo de volume para o monitoramento contínuo de emissões

A família de produtos FLOWSIC100 foi desenvolvida para o monitoramento de emissões. As versões “H” são adequadas para diâmetros de canal maiores e aplicações com alto grau de particulado; as versões “M” são ideais para diâmetros de canal médios. Na versão com haste “PR”, os dois conversores ultrassônicos com trajeto de medição fixo encontram-se montados em uma unidade de emissão/recepção (sonda de medição). As versões de dispositivo “-AC” contam com uma refrigeração interna inovadora para sua utilização com gases a temperaturas de até 450 °C. Os modelos “Px” purgados são utilizados em gases com alto teor de particulado aderente ou molhado.

Transdutores de titânio robustos fazem parte do modelo padrão, sendo adequados para condições de uso difíceis. O sistema de medição consiste em duas unidades de emissão/recepção, ou uma sonda de medição, e a unidade de controle MCU. A MCU possibilita a entrada e saída de sinal, o cálculo com as grandezas de referência (normalização), bem como uma utilização fácil através do visor LCD.

Em síntese
  • Transdutor de titânio robusto para uma alta durabilidade do dispositivo
  • Material resistente à corrosão para a utilização em gases agressivos (opcional)
  • Medição integral através do diâmetro do canal nas versões H, M e S
  • Versão com haste PR para uma montagem unilateral e econômica no canal
  • Teste de funcionamento automático com teste do ponto zero e de referência

 

LinkedIn Logo

Follow expert discussion in our LinkedIn Forum

SICK expert group: gas flow measurement and fiscal metering

Vantagens

Confiabilidade e exatidão no monitoramento de emissões – em conformidade com os ônus legais

O monitoramento das emissões gasosas em instalações que necessitam de homologação é parte integrante importante da proteção do meio ambiente. Ao empregar uma moderna e confiável tecnologia de medição de emissões, as emissões causadas por substâncias tóxicas podem ser registradas continuamente e os valores-limite podem ser cumpridos. A tecnologia de medição adotada deve corresponder aos requisitos mínimos das normas internacionais (p. ex., EN 15267 e Performance Specification 6 da EPA, Environmental Protection Agency) e comprovar a sua adequação mediante apresentação de um protótipo de teste CE. Os medidores de fluxo volumétrico FLOWSIC100 da SICK cumprem todas estas exigências: eles reúnem as vantagens da moderna tecnologia de medição ultrassônica com estabilidade acima da média e mínimos serviços de manutenção.


FLOWSIC100 variantes

FLOWSIC100 H

Graças à potência alta do som, ideal para chaminés grandes com diâmetro de 3 até 13 m

Adequado para aplicações com alta incidência de particulados

FLOWSIC100 M Graças à potência média do som, ideal para chaminés menores com diâmetro de até 3,5 m
FLOWSIC100 PR Ideal na instalação unilateral para diâmetros da chaminé a partir de 1 m

Exato, confiável, consistente.

Fácil instalação no canal de medição
SOPAS ET – parametrização fácil, configuração e autodiagnóstico bem como suporte abrangente
Poucos serviços de manutenção, pois não tem peças móveis

Instalação fácil, automonitoramento totalmente automático e pouco serviço de manutenção – a solução ideal para a medição de emissões rigorosa.

Resultados da medição consistentes também sob condições extremas

Flutuações da composição do gás, da pressão, temperatura ou umidade não exercem influência sobre o resultado da medição. A medição se realiza continuamente por meio de todo o diâmetro do canal e fornece resultados representativos. A regulagem de intensificação totalmente automatizada do FLOWSIC100 assegura a transmissão dos sinais. Com ajuda do ciclo de controle integrado no FLOWSIC100, o dispositivo examina as suas funções periodicamente. Adicionalmente, o autodiagnóstico integrado monitora permanentemente todos os parâmetros importantes das funções. Divergências inadmissíveis que podem se refletir sobre o resultado da medição disparam avisos de advertência.

De alto desempenho e preciso.

Medições livres de gás de enxágue plug and play de –40 °C até +260 °C.
Resfriamento integrado inovador para temperaturas de gás muito altas de até +450 °C.

CONFIABILIDADE NO MONITORAMENTO DE EMISSÕES – EM CONFORMIDADE COM OS ÔNUS LEGAIS

Aplicações

Visão geral técnica

 
  • Visão geral dos dados técnicos

    Visão geral dos dados técnicos

    MensurandosFluxo volumétrico em oper., Fluxo volumétrico em est. norm., Velocidade do gás, Velocidade do som, Temperatura do gás
    Princípio de mediçãoMedição da diferença do tempo de trânsito do ultrassom
    Temperatura do gás–40 °C ... +450 °C
    Depende do modelo do dispositivo
    Pressão operacional–100 hPa ... 100 hPa
    Diâmetro nominal do tubo0,15 m ... 13 m
    Depende do modelo do dispositivo
    Conformidade

    2001/80/EG (13. BImSchV)

    2000/76/CE (norma 17ª BImSchV)

    27. BImSchV

    30. BImSchV

    Instrução técnica para ar

    EN 15267

    EN 14181

    EN 16911-2

    MCERTS

    GOST

    USB
    FunçãoConexão ao software SOPAS ET
    Serial
    Modo de integração do barramento de campoRS-232
    RS-485
    FunçãoConexão ao software SOPAS ET
    Barramento de sistema interno
    Ethernet
    Modo de integração do barramento de campoVia módulo de interface opcional
    Modbus
    Modo de integração do barramento de campoASCII RS-485 (Via módulo de interface opcional)
    RTU RS-485 (Via módulo de interface opcional)
    TCP (Via módulo de interface opcional)
    PROFIBUS DP
    Modo de integração do barramento de campoVia módulo de interface opcional
    Funções de diagnóstico

    Ciclo de controle automático para ponto zero e de referência

    Diagnóstico avançado de dispositivo através do SOPAS ET

Todos os dados técnicos se encontram-se no produto individual

Downloads